Feluma Ventures

Marketing para startups: saiba por onde começar!

Marketing é importante para negócios de todos os segmentos e tamanhos, e para startups não seria diferente, principalmente porque às vezes o foco está tanto no produto que se esquece de cuidar da marca que projetará a startup no mercado. 

Se para empreender com uma mentalidade de startup não se pode ter medo de errar, ao mesmo tempo é fundamental estar atento àquilo que é simples e pode minimizar as suas chances de falhas, e o marketing possui muitas ferramentas para isso. Portanto, num cenário competitivo, é preciso fazer a definição de posicionamento, de estratégias de contato e do perfil dos clientes.

Em primeiro lugar, conheça bem o seu negócio e saiba aonde quer chegar. Já dizia Lewis Carroll: “Para quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve”. Não saber para onde vai é o caminho mais fácil para gastar tempo, energia e dinheiro para chegar a algum lugar.

Depois, conheça bem o seu público. Crie personas, identifique suas dores e demandas, a forma como ele pensa e o que o toca mais profundamente. Isso trará engajamento para seu produto e sua marca estará na lembrança do consumidor no momento da tomada de decisão. Isso serve tanto para negócios B2C quanto para B2B, pois empresas são feitas de pessoas e elas têm suas características e comportamentos.

Digitalize sua comunicação: isso fará com que você alcance mais pessoas com um investimento menor. Para ser eficiente, crie conteúdos relevantes, use as redes sociais, utilize técnicas de SEO e reserve budget para mídia paga.

Não se esqueça do offline: relacionamento é muito importante e aproximar-se das pessoas é uma excelente forma de levar sua marca para dentro dos negócios delas. Pense simples: lembre-se de um aniversário, marque um café, mande um brinde, faça um evento, participe de um evento do seu cliente…

Gere autoridade: faça lives, participe de palestras, escreva artigos, use assessoria de imprensa… apareça! Torne-se uma autoridade no seu segmento. Mas tenha paciência porque esse processo é uma construção!

Seja verdadeiro: cada vez mais, empresas e pessoas querem se conectar. Os consumidores buscam marcas que estejam alinhadas ao seu propósito, àquilo que desejam como resultado para além do primário. Querem parceiros, querem alguém em que possam confiar. E para esse caminho não adianta levantar bandeiras que não têm aderência com o DNA da sua startup. Você deve ser quem é e buscar mercado e clientes que estejam olhando na mesma direção. 

E, por fim, não desista! Às vezes, uma ação planejada com muita atenção e ótimos investimentos não vai dar certo. Acontece. Mas faça uma lista de aprendizados e siga em frente na sua jornada. E continue acompanhando nosso blog para mais dicas de marketing.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *